Encontros

O 1º Encontro de Acessibilidade Audiovisual do MERCOSUL foi promovido pela RECAM, dentro de um de seus eixos de trabalho, para facilitar o acesso a conteúdos audiovisuais próprios. Buscou-se articular e definir ações que incluam os acadêmicos, as organizações civis, profissionais e organismos do governo, gerando conhecimento e sinergia para a ampliação do acesso aos conteúdos.

O encontro foi realizado em Montevidéu, nos dias 25 e 26 de outubro de 2018. Participaram do mesmo 60 profissionais da região, além de representantes das autoridades cinematográficas também da região, incluindo o INCAA da Argentina, a Secretaria do Audiovisual SAv/MinC Brasil, a Direção do Audiovisual da Secretaria de Cultura do Paraguai, Direção de Cinema e Audiovisual Nacional ICAU e o Escritório de Gestão Audiovisual da Prefeitura de Montevidéu. O programa do encontro foi estruturado em mesas temáticas, com o anúncio do Prêmio de Boas Práticas e exibições acessíveis. Os detalhes do programa estão disponíveis em "Links".

Em 22 de novembro de 2020, na programação da 35ª edição do Festival de Cinema de Mar del Plata /INCAA, a RECAM promoveu a realização da Mesa "Acessibilidade Audiovisual: Desafios e experiências na região". O objetivo da mesa, em formato virtual, foi conscientizar sobre a Acessibilidade Audiovisual e compartilhar as iniciativas que cada participante realiza, promovendo um intercâmbio de experiências.

As apresentações se concentraram nos seguintes eixos: o que é Acessibilidade Audiovisual, o que são recursos acessíveis, o lema "Nada sobre nós sem nós", as facilidades que as tecnologias podem oferecer e uma visão das oportunidades da integração regional.

Os participantes do evento foram: Marilha Naccari (FAM - Florianópolis Audiovisual MERCOSUL), Alejandra Gossio (UNCU - Unión Nacional de Ciegos del Uruguay), Federico Sykes (FicSor - Festival Internacional de Cinema Surdo da Argentina), Mirta Noel Lezcano e Damián Laplace (Cine Inclusión INCAA), com moderação de María Laura Ramos (especialização em Textos Audiovisuais e Acessibilidade), e interpretação de M. Victoria Perales (Professora de Educação Audiovisual) e Patricia Miguez (Professora de surdos e intérprete técnica sênior de Língua de Sinais argentina).

A atividade está disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=Sr7XmqGlQ7s

Continuando a presença da iniciativa RECAM, na seguinte edição do Festival Internacional de Cinema de Mar del Plata organizado pelo Instituto Nacional de Cinema e Artes Audiovisuais (INCAA) (novembro de 2021), foi organizada a segunda edição da Mesa Redonda "Acessibilidade Audiovisual: Desafios e experiências na região".


 

A mesa teve foco na profissionalização, na conscientização do setor audiovisual e da sociedade, bem como na importância do intercâmbio de experiências para a formação de redes de colaboração entre esses espaços.

Participaram da mesa Noelia Baillo (Unión Nacional de Ciegos del Uruguay), Maximiliano Pinela (Plataforma Acessível Teilú, Córdoba), Federico Sykes (FiCSor), Chico Faganello (Filmes Que Voam, Florianópolis) e Damián Laplace (Programa Cine Inclusión, INCAA). A moderadora foi María Laura Ramos (especialização em Textos Audiovisuais e Acessibilidade).

A atividade está disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=XOk1ate-vcw

A participação no Festival Internacional de Cinema de Mar del Plata organizado pelo INCAA, com a organização das Mesas e o prêmio para o melhor curta com cópia acessível, é de grande relevância para a RECAM e seus membros, devido à oportunidade de aproximar-se do público e realizadores com grande alcance e visibilidade.