Mapeamento

Em setembro de 2018, a RECAM abriu convocatória para o Primeiro Concurso de Boas Práticas da Sociedade Civil do MERCOSUL em Acessibilidade Audiovisual. Esta convocatória se enquadra dentro do Plano de Acessibilidade Audiovisual da RECAM e busca conhecer, premiar e difundir experiências de sucesso em contexto local, que possam se transformar em disparadores de ideias e de experiências aplicáveis regionalmente.

No total, 25 projetos de toda a região se postularam. O reconhecimento foi concedido ex aequo ao Festival Internacional de Cinema Surdo da Argentina (FICSor) e ao Festival VerOuvindo: Festival de Filmes com Acessibilidade Comunicacional do Recife (Brasil). Os ganhadores receberam um prêmio no valor de um mil dólares (USD 1.000,00) e participaram do I Encontro de Acessibilidade Audiovisual do MERCOSUL.

O Festival FiCSor é um espaço de exibição de filmes nacionais e internacionais, primeiramente na Argentina e posteriormente no restante da América do Sul, filmes estes vinculados à cultura e à identidade surda.

O Festival VerOuvindo é um concurso de curtas com audiodescrição, com atividades formativas em torno da reflexão sobre a temática para incentivar profissionais de diferentes estados do Brasil.

Dando continuidade a ação, no âmbito da XXXIII Reunião Ordinária RECAM, realizada nos dias 24 e 25 de outubro em São Paulo, foi concluida a segunda edição do Concurso de Boas Práticas da Sociedade Civil do MERCOSUL em Acessibilidade Audiovisual. Considerando o cumprimento das Bases e sua tabela de avaliação, com foco na essência do chamado "Nada para nós sem nós", o vencedor foi:

Ciclo de Cinema Acessível, organizado pela União Nacional de Cegos do Uruguai e pelo Programa de Inclusão Educacional e Cultural Rede MATE (Materiais e Apoios Educacionais)

O ciclo promove o acesso a obras audiovisuais através de seu trabalho de articulação entre organizações da sociedade civil, governo e órgãos municipais, academia, produtores e o público em geral. Procura criar espaços de encontro entre pessoas com e sem deficiência, ou diferentes tipos de deficiência, para sensibilizar o público como um todo. O ciclo inclui projeções e atividades especiais, como palestras e debates.

 

Com o objetivo de continuar ampliando o trabalho em rede em torno da acessibilidade audiovisual, a RECAM mantém aberto o formulário para projetos e organizações que trabalharem neste universo.

Link para o formulário